segunda-feira, 15 de agosto de 2011

minha escola de música!


Nasci na rua dos artistas, como quase todos nós
No fundo de casa, um dia na semana
Ouvia os tambores de um terreiro
E apesar da censura de quase todos os cômodos
Me sentia completamente mexido com a festa.
Na frente da nossa casa, o alto da Silveira
Onde morava Pepeu e outros novos e velhos baianos
Na verdade um altar
Seu Moura, avô de Alfredo, quem eu conheci bem depois
Respeitosamente fazia vigília ao charme moreno de minha mãe
Na Fazenda Garcia , uma banda marcial ensaiava
E outros tambores soavam riffs da áfrica
Toques pra independência, e a minha total reverência
Tão viva em meu olhar, eram asas dos meus sonhos
Tambores dores  de quem toca, adoradores da rua
Amadores do lugar,
Riachão aparecia e a grande diversão era ver a cor do lenço
Que ele trazia pra fora do bolso, cada dia uma cor, ele nunca repetia
Do lado direito da casa , morava o estranho Smetack
Inventor de família imensa, criador de outros sons geniais
Lá freqüentavam Caetano, Gil, Gal e outros lindos
Que só mais tarde , já grande , eu via no Zanzibar
Um bar onde todas iam, artistas, loucos diferentes
Enfim, todo tipo de gente que queria provar a áfrica
Pelos olhos e pelo paladar
Lady Neide e sua família, de sorriso gigante e branco
Abraçavam a cor de todos
Num pano colorido parecido ilê ayê ,
outro que só anos depois vi colorir a avenida
a alguns  metros de casa , a escola onde estudei
Ganhei festivais e fiz musicas ali eu não comecei
Comecei muito tempo antes, ao som do piano da irmã
Do violão dos irmãos e principalmente
Desse som dos terreiros e bandas de musica
Toques que nunca esquecerei
E quando recordo, meu olhar nublado
De tão encantado, confirma
 Já estava tudo escrito, tudo previsto e marcado
Eu só fiz andar sobre as notas que o caminho me mostrou
A minha escola de musica



5 comentários:

thegilalves disse...

Abraçavam a cor de todos...
(Linda essa frase)
Parabéns por mais um post

Nathy Freitas disse...

adorei!!! "sintetizando o axé da Bahia"

Ainda busco afirmação em relação a minha carreira, então acho sensacional qnd alguem é feliz com o que escolheu pra sí, um caminho a seguir feliz e contente. que não seja por obrigação, mas por prazer, paixão;

então vem vc...movido por notas musicais, trilhando seu caminho encantadoo...


bjos carinhosos.
ps:já estava com saudades dos posts por aqui =)

Aline Soares disse...

Parabéns Renan!! Ficou incrivel.
Trouxe a Bahia em versos,trouxe amor pela música,trouxe verdade!

Aline Anjos disse...

Q bom ver post no blog... q saudades!!! Bjinhos
Aline Anjos

Aline Anjos disse...

Q bom ver post no blog... q saudades!!! Bjinhos
Aline Anjos